Edições Anteriores
  • Edição 264

  • Edição 263

  • Edição 262

  • Edição 261

  • Edição 260

  • Edição 259

  • Edição 258

  • Edição 257

  • Edição 256

  • Edição 255

  • Edição 254

  • Edição 253

5º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO A

14 de maio de 2017

Oferecemos abaixo um subsídio elaborado para auxiliar quem prepara as celebrações litúrgicas dominicais. Além do aprofundamento dos textos bíblicos,indicamos também a sua relação com a vida e o mistério celebrado.




1. Aprofundando os textos bíblicos: Atos 6,1-7; Salmo 33(32); 1Pedro 2,4-9; João 14,1-12


Jesus, durante a despedida (13,31–17,26), tranquiliza o coração dos discípulos com o apelo a uma fé confiante: Credes em Deus; crede também em mim. Ele anuncia muitas moradas na casa do Pai e a esperança de vida plena, mas quem o ama, guarda a palavra e torna-se, desde agora, a sua morada (14,23). Jesus, o Unigênito que está na intimidade do Pai (1,18), faz conhecer o caminho para chegar a Deus através de sua atuação, palavras e gestos.  Percorrendo até o fim o caminho que ele mesmo é, assumindo ser a graça e a verdade (1,14), o amor e a fidelidade de Deus, revela o rosto misericordioso do Pai e oferece a vida. Assim, ao afirmar: Sou eu o Caminho, a Verdade e a Vida, Jesus indica o verdadeiro caminho que conduz à vida (5,26; 10,10.28; 11,25-26) e faz experimentar Deus como Pai, a fonte da vida. Diante da pergunta de Filipe: Mostra-nos o Pai e isso nos basta, Jesus realça: Quem me viu, viu o Pai. As obras confirmam as palavras anunciadas e levam a crer que Jesus está no Pai e o Pai está nele (14,11; 10,38). Os que permanecem em comunhão com Jesus realizarão suas obras, para que todos tenham vida em abundância (10,10). Aqueles que creem, animados pela ação do Espírito Santo (14,16-17), farão “obras ainda maiores”, estendendo a missão de Jesus a todos os povos.


A leitura dos Atos mostra que a abertura do evangelho aos gentios suscita a necessidade de exercer a diaconia/serviço, voltada especialmente às viúvas e aos pobres da comunidade.


O salmo é um hino de louvor a Deus, cuja bondade transborda em toda a terra e seu olhar pousa sobre quem espera sua graça.


A leitura de 1° Pedro fortalece a esperança dos cristãos, que vivem uma situação semelhante à de Jesus, rejeitados pela sociedade, mas escolhidos por Deus para proclamar suas maravilhas como sacerdócio santo mediante uma vida de fé e amor solidário.


2. A Palavra na vida

Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, indica a amplitude do discipulado que se dá no seguimento concreto, em cada situação da vida, na escuta da sua Palavra (que oferece a luz do discernimento e da comunhão de vida), na intimidade do coração.


3. A Palavra na celebração

Nesta celebração, demos a graças a Deus por nos revelar Cristo, Caminho Verdade e Vida. Que o seu Espírito nos transforme em fiéis seguidores de Jesus e servidores do Reino de Deus.