17 de janeiro de 2021

1. Aprofundando os textos bíblicos:
1Sm 3,3b-10.19; Salmo 40(39); 1Coríntios 6,13c-15a.17-20; João 1,35-42

João Batista já havia testemunhado o Cristo aos sacerdotes e levitas enviados de Jerusalém (1,19-34), mas agora aponta Jesus como “Cordeiro de Deus” aos seus próprios discípulos. Esta expressão recorda o cordeiro pascal, símbolo da libertação da escravidão no Egito (Ex 12), e o cordeiro imolado por causa dos oprimidos (Is 53,7-12; Jr 11,19). Jesus é o Enviado de
Deus que realiza a Páscoa da libertação definitiva. Os primeiros discípulos “seguiram Jesus” a partir do testemunho
de João Batista. “Foram, viram e permaneceram com Jesus”, motivados pelo seu convite: “Vinde e
vede!” A experiência de “ver Jesus” (Jo 9) faz “permanecer” em comunhão profunda e vital com o Mestre (15,1ss). O encontro com Jesus e o compartilhar seu modo de viver e o compromisso com seu projeto torna
os discípulos testemunhas. “Encontramos o Cristo”, o Ungido, proclama André, um dos dois primeiros discípulos
que conduz Simão Pedro até Jesus. O outro discípulo, aquele que Jesus amava e que se reclinou junto a ele na última ceia, representa a comunidade que permanece na intimidade com Jesus e com o Pai (1,18). Filipe testemunha que Jesus vem de Nazaré (1,43-46), seguido por discípulos e discípulas. A leitura de 1Samuel descreve o chamado profético de Deus
a Samuel como iniciativa divina e acolhida da Palavra. O salmista agradece ao Senhor, que ouviu o clamor, e
reafirma o compromisso de “fazer a sua vontade”. A segunda leitura afirma que a vida batismal nos torna
membros de Cristo e, nosso corpo, templo do Espírito Santo para glorificar a Deus.

2. A palavra na vida

Este episódio do evangelho de João constitui o elo
entre a festa do batismo do Senhor e a sua atividade missionária
na Galileia, que será apresentada nos domingos
seguintes mediante a leitura contínua do evangelho de
Marcos. A partir do encontro com Jesus, nasce a missão.

3. A palavra na celebração

Que a nossa reunião de oração nos ajude a descobrir
onde Deus se manifesta em nossa vida. O Senhor vem
ao nosso encontro para renovar em nós o desejo de
procurá-lo sempre, em cada situação concreta da vida.

COLABORE COM A  REVISTA DE LITURGIA!!

SEJA UM ASSINANTE E DIVULGUEM A REVISTA DE LITURGIA !!

Related Posts

Deixe uma resposta