Dia do Senhor

DIA DO SENHOR | 3º DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO C 

27 de janeiro de 2019

1. Aprofundando os textos bíblicos: Neemias 8,2-4a.5-6.8-10; Salmo 19 (18); 1Coríntios 12,12-30; Lucas 1,1-4;4,14-21
Lucas começa com o prólogo (1,1-4) mediante o qual apresenta o objetivo de seu evangelho: conduzir todas as pessoas que “amam a Deus” (= Teófilo) no caminho da fé para que acolham a mensagem da salvação. Além disso, o texto de hoje ressalta que Jesus, guiado pela força do Espírito, exerce o ministério em toda a região da Galileia. Ele costumava participar do culto semanal nas sinagogas, onde aproveitava também para ensinar. Na sinagoga de Nazaré, Jesus proclama um trecho do livro de Isaías (61,1-2) e senta-se, em seguida, como um rabino para fazer um breve comentário. Serve-se das palavras do profeta para anunciar seu programa de salvação. O profeta anunciava a esperança de renovação, sobretudo, para o povo de Israel após o exílio na Babilônia. No tempo de Jesus, esse povo ainda não havia conquistado a libertação plena, pois vivia sob o domínio do império romano. Com a chegada de Jesus Cristo, o Messias esperado, renova-se a esperança de vida melhor, feliz para o povo. Ungido pelo Espírito, Jesus anuncia a Boa Notícia aos pobres, a libertação a todos os oprimidos, a realização do ano da graça do Senhor (vv.16-19). Por meio das palavras e ações de Jesus manifesta-se a graça, a benevolência, o favor de Deus. “Os olhos de todos, na sinagoga, estavam fixos em Jesus” (v.20), pois suas palavras acompanhadas de gestos solidários estavam a serviço da vida plena. A 1ª leitura destaca que o povo de Deus, após ter passado pela difícil experiência do exílio, procura reconstruir sua identidade e unidade na palavra de Deus. A 2ª leitura ressalta o poder do Espírito que transforma e une todas as pessoas, formando um só corpo em Cristo. A comunidade, constituída por uma pluralidade de membros, cada um com seu dom peculiar, deve estar fundamentada no amor de Deus manifestado em Jesus.


2. Atualizando
Nossa identidade deve estar centrada na palavra de Deus. Como membros do corpo de Cristo, somos chamados a assumir o projeto de continuar sua missão libertadora. Fixemos nosso olhar em Jesus, deixando que suas palavras e ações de bondade nos transformem em verdadeiros discípulos/as, comprometidos na promoção da vida em todas as dimensões.


3. A palavra de Deus na celebração
O Senhor nos dirige uma palavra de vida e salvação. Na palavra e na eucaristia somos nutridos pela presença de Jesus, o consagrado do Pai, anunciador da Boa-nova aos pobres, o enviado para libertar os cativos e todos aqueles que estão esmagados pela dor e o sofrimento, somos habilitados a sermos anunciadores desta boa-notícia no hoje da nossa história.


4. Dicas e sugestões
Preparar bem os ministérios que atuam na liturgia da Palavra. Após a oração do dia, cantar um refrão que ajuda a dispor o coração para a escuta. (Outras sugestões vejam m Dia do Senhor, Tempo Comum, Ano C, p. 58-63).

Livro Celebrando o Dia do Senhor – Tempo Comum ABC

Related Posts

Deixe uma resposta