Dia do Senhor

DIA DO SENHOR: SOLENIDADE DE SANTA MARIA, MÃE DE DEUS ANO A

01 de janeiro de 2019

Livro Celebrando o Dia do Senhor – Celebrando o Natal

Oferecemos abaixo um subsídio elaborado para auxiliar quem prepara as celebrações litúrgicas dominicais. Além do aprofundamento dos textos bíblicos, indicamos também a sua relação com a vida e o mistério celebrado.

 

Autoras:

Ir. Neusa Bresiani é Pia Discípula do Divino Mestre, tem especialização em liturgia, é membro da rede Celebra e contribui
no serviço da formação litúrgica nas comunidades.

Ir. Helena Ghiggi é Pia Discípula do Divino Mestre, mestra em Bíblia e assessora cursos de formação bíblica.

 

  1. Aprofundando os textos bíblicos: Números 6,22-27; Salmo 67 (66); Gálatas 4,4-7; Lucas 2,16-21

A festa de Maria, colocada neste primeiro domingo do ano civil, está centrada no Filho Jesus, o Salvador da humanidade. O evangelho de hoje faz parte das narrativas da infância (Lc 1 e 2). Começa destacando a caminhada dos pastores a Belém. Motivados pelo anúncio de esperança, os pastores andam com pressa a fim de encontrar o Deus Salvador. Eles reconhecem o seu Salvador na simplicidade de uma criança recém-nascida na manjedoura ao lado de sua mãe Maria e de José. Todos ficam maravilhados porque o Salvador nasce de acordo com o plano de Deus, como um pobre pastor. O nascimento de Jesus gera uma atitude meditativa que interioriza e aprofunda os acontecimentos e uma ação missionária que proclama a glória de Deus (vv.19-20). Como todos os filhos israelitas (Gn 17; Lv 12,3), no oitavo dia após seu nascimento, Jesus é integrado ao seu povo através do rito da circuncisão. Mas Lucas salienta a imposição do nome “Jesus” revelado pelo mensageiro de Deus antes do nascimento (v.21). O nome Jesus, que significa Deus salva, evoca a salvação esperada desde as mais antigas profecias messiânicas. Jesus-Salvador plenifica a história da salvação dando nova forma e conteúdo ao universo de valores do seu povo. Jesus traz a bênção salvífica do Senhor Deus para toda a humanidade.

A bênção litúrgica, ressaltada na 1ª leitura, invoca três vezes o nome de Deus para assegurar ao povo a proteção, a benevolência e a paz. Assim, a bênção atualiza a Aliança e destaca a presença constante de Deus que abençoa a vida e a missão do povo. A paz (shalom, em hebraico), que Deus comunica de modo especial por meio de Jesus, é a plenitude dos bens, a felicidade completa.

A 2ª leitura mostra a solidariedade máxima de Deus revelada no Filho Jesus, que assume a história em toda a sua dimensão humana: “nascido de mulher e sob a Lei” (v.4). Em Jesus nos tornamos filhos de Deus, herdeiros da salvação, chamamos nosso Pai carinhosamente de “Abba” e somos guiados pelo Espírito.

2. Atualizando

Como os pastores, somos motivados a ver e a celebrar os sinais da salvação de Deus presente na história. Maria, modelo da Igreja-Mãe, ensina a contemplar os mistérios da vida de Cristo, a meditar a Palavra para discernir a ação de Deus nos acontecimentos. Ela colaborou para a chegada de Jesus, a grande bênção de Deus para a humanidade. Com o salmista pedimos que essa bênção de salvação chegue a todas as nações (Sl 67,5 [66]). Como as comunidades da Galácia, somos convidados a viver a fé e a liberdade em Cristo, eliminando todas as formas de escravidão que ainda existem em nosso meio.

  1. A palavra de Deus na celebração

Com Maria, humilde serva do Senhor e bendita entre as mulheres e os pastores que foram às pressas a Belém, glorifiquemos a Deus por dar a nós e ao mundo inteiro, Jesus Cristo, a Luz Eterna, o Príncipe da Paz, o Salvador da humanidade.

 

  1. Dicas e sugestões

Alguém entra com a bandeira da paz e coloca-a perto do círio pascal. Enquanto a bandeira é conduzida canta-se o refrão: Força da paz, cresça sempre, sempre mais, que reine a paz, acabem as fronteiras. Força da paz. (Outras sugestões vejam no Dia do Senhor, Ciclo do Natal, ABC).

 

COLABORE COM A REVISTA DE LITURGIA:

ASSINE, RENOVE, DIVULGUE A REVISTA DE LITURGIA!

Revista de Liturgia Edição 272 – 50 anos de Medellín: A liturgia de uma Igreja pobre, a serviço dos pobres.

Assinatura Anual Digital

Assinatura Anual Impressa

 

Related Posts

Deixe uma resposta